A Linguagem Simbólica da Natureza. A Flora e Fauna na Pintura Seiscentista Portuguesa

«O ensaio de Sónia Talhé Azambuja [...] constitui um dos pontos altos desta fase amadurecida de estudos sobre a Natureza Morta portuguesa do século XVII. [...] O cruzamento entre a História da Arte, a Iconologia, a Filosofia e a História Natural [...] confere inegável sucesso a uma metodologia de ponta de que a autora é responsável e que afirma a originalidade da sua investigação.».
VÍTOR SERRÃO, In Prefácio
Sinopse: Em 166 pinturas portuguesas do século XVII (Josefa de Óbidos, Baltazar Gomes Figueira, etc.) estudadas foram identificadas 188 espécies de flora e de fauna, contribuindo para a descodificação do seu simbolismo.
ÍNDICE
PREFÁCIO
INTRODUÇÃO
Justificação e Limites do Tema
Panorama Europeu do Estudo das Plantas e Animais na Arte
Metodologia e Objectivos de Investigação
II. O NATURALISMO NA ARTE DO SÉCULO XVII: UM ESTADO DA QUESTÃO
I.1. Os Símbolos e as Metamorfoses da Natureza
I.2. A Iconografia e a Procura do Significado da Obra de Arte
I.3. Ars Naturans: a Natureza como Linguagem
I.4. O Jogo Simbólico entre a Natureza e a Arte
I.5. A Poesia da Natureza
I.6. Iconografia da Contra-Reforma
I.7. Naturezas-Mortas e Bodegones
I.8. Pintura do Siglo d’Oro Espanhol
III. O JARDIM SIMBÓLICO
II.1. O Mito do Jardim do Éden
II.1.1. O Simbolismo do Jardim Medieval
II.1.1.1. Hortus conclusus
II.1.1.2. Hortus deliciarum
II.1.1.3. Os Jardins Marianos
II.2. Plantas Bíblicas: Árvores, Flores e Frutos
II.2.1. “A terra era um jardim” (Gn 2)
II.2.2. A Simbologia Cristã da Árvore
II.2.2.1. A Árvore da Vida
II.2.2.2. Alperce: o Fruto Proibido
II.2.2.3. A Árvore de Judas
II.2.2.4. A Árvore da Cruz de Cristo
II.2.2.5. A Árvore de Natal
II.2.3. A Decifração das Plantas Bíblicas
II.2.3.1. O Tratado de Fr. Isidoro de Barreira
II.2.3.2. Linho e Aloés
II.2.3.3. Ouro, Incenso e Mirra
II.2.3.4. Vinho e Vinagre
II.2.3.5. Fel e Hissopo
III. ELENCO ICONOGRÁFICO
III.1. Base de Dados Relacional Aplicada ao Elenco Iconográfico
III.1.1. A Arquitectura da Base de Dados Relacional
III.1.2. Interpretação da Informação Obtida
III.2. Os problemas da Identificação da Flora e da Fauna
III.3. Corpus do Elenco Iconográfico
IV. A LINGUAGEM DA FLORA E DA FAUNA NA PINTURA PORTUGUESA
IV.1. Quadros Síntese da Simbologia da Flora e da Fauna Identificadas
IV.2. Baltazar Gomes Figueira e Josefa de Óbidos: Naturalistas do Século XVII
IV.3. Natureza Morta: Frutas e Peças de Caça de Alpiarça
IV.4. Natureza-Morta com Laranjas, Cebola, Peixe e Caranguejo de Paris
IV.5. Natureza-Morta de Viseu
IV.6. Mês de Agosto
IV.7. Repouso na Fuga para o Egipto de Óbidos
CONSIDERAÇÕES FINAIS
POSFÁCIO
BIBLIOGRAFIA GERAL
Este título pertence ao(s) assunto(s) indicados(s). Para ver outros títulos clique no assunto desejado. Artes
Arte e Design: Barroco
Pintura e obras de pintura
História
História natural
Licença Impressão
Acesso Perpétuo 38 paginas a cada 30 dias
Licença 3 dias nao permitido
Licença 30 dias 19 paginas a cada 30 dias
Licença 60 dias 19 paginas a cada 30 dias
Licença 180 dias 19 paginas a cada 30 dias

Leitura online: um utilizador por sessão (sem simultaneidade)
Leitura offline (com a APP): máximo de 2 dispositivos em simultâneo